FIGUEIRAS VENCE TAÇA AFALOUSADA

CCRD ÁGUIAS FIGUEIRAS 4-1 ADC LODARES

Resultado ao Intervalo: 3-0

Golos Figueiras: Chinês (26m;77m); João Batista (37m); Mácio (82m)

Golos Lodares: Pedro Nogueira (47m)

Local: Complexo Desportivo Lousada – Assistência: 800 Espetadores – Árbitro: Adão Batista

O Águias Figueiras venceu a Taça AFALousada 2019 ao derrotar a formação do Lodares na final por 4-1 e conquista assim o seu primeiro troféu da temporada. Num ambiente fantástico com muitas centenas de adeptos no apoio ás equipas.

O Figueiras entrou melhor no encontro, com mais posse de bola e estando mais próximo da baliza contrária, aproveitando muitos passes errados e perdas de bola da formação do Lodares. O Figueiras abriu o marcador aos vinte e seis minutos por Chinês, o artilheiro da equipa de Figueiras num remate de angulo apertado surpreendeu a defensiva do Lodares e bateu David. O dois a zero surge aos trinta e sete minutos numa excelente jogada pelo lado esquerdo do ataque, em que João Batista combina na perfeição com Chinês e frente a frente com David fez o dois a zero para mais uma explosão de alegria dos adeptos do Figueiras. O Lodares responde e procurou reduzir, mas não conseguiu concretizar. O três a zero surge aos quarenta e um minutos, Chinês isola-se e bate David fazendo o segundo da conta pessoal na partida.

Na segunda parte o Lodares entrou forte, mais pressionante e logo aos dois minutos do segundo tempo Pedro Nogueira num excelente cabeceamento entre os centrais a reduzir o marcador. O Lodares continuou melhor na partida e poderia ter encortrado a distância no marcador, com bola na trave e boas defesas de Cristiano. O Figueiras procurou saídas rápidas para o ataque, mantendo o seu bloca defensivo compacto. Com as alterações efetuadas por ambas as equipas o jogo caiu um pouco de intensidade. O resultado final ficou fechado aos oitenta e dois minutos, em que o Figueiras aproveitou o adiantamento da defensiva do Lodares para Mácio fazer o quatro a um final com que terminou o encontro. Grande festa dos atletas e adeptos do Figueiras, que conquista assim o seu primeiro troféu da temporada.

De seguida passou-se à cerimónia protocolar de entrega de troféus com João Batista do Figueiras a ser considerado o melhor em campo. O troféu de vencedor da Taça AFALousada foi entregue pelo vereador do desporto da Câmara Municipal Lousada António Augusto Silva, seguindo-se a festa do Figueiras.

Fonte: AFALousada

Festas em Honra de Nossa senhora do Amparo em Covas Lousada dias 3,4, 5 e 6 de Maio 2019

Programa Completo

Dia 3, Sexta Feira

21H30 – Actuação da Banda Myllenium

23H30 – Sessão de Fogo

24H00 – Continuação da actuação da Banda Myllenium

Dia4, Sábado

08H00 – Alvorada e entrada do Grupo de Bombos da Ordem que percorrerão a freguesia

22H00 – Actuação de Cristiana Sá & Companhia

23H30 – Sessão de Fogo

24H00 – Actuação do Cantor Pedro Miguel

Dia5, Domingo

08H00 – Alvorada

08H30 – Entrada da Banda Musical de Paço de Sousa

11H15 – Missa Solene

14H30 – Entrada do Grupo de Bombos Amigas da Terra de Covas Lousada

15H00 – Concerto pela Banda Musical de Paço de Sousa

17H30 – Saída da Majestosa Procissão percorrendo o itinerário habitual

20H00 – Sessão de Fogo

Dia6, Segunda Feira

16H00 – Merenda tradicional

Detidos na posse de 2 773 doses de droga na Trofa

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal de Santo Tirso, no dia 30 de abril, deteve dois homens, de 24 e 30 anos, por tráfico de estupefacientes, no Porto.

No dia 28 de abril, quando militares do Posto Territorial da Trofa, efetuavam uma ação de fiscalização rodoviária, naquela localidade, um condutor desobedeceu à ordem de paragem, tentando na fuga atropelar um dos militares. Através da estrutura de investigação criminal foram encetadas diligências no sentido de apurar a identidade do condutor e de localizar o veículo, o que acabou por acontecer no dia 30 de abril, na cidade do Porto, sendo o condutor detido.

O condutor suspeito, no momento em que foi abordado, estava acompanhado de um outro indivíduo, um homem de 30 anos, o qual estava na posse de produtos estupefacientes, resultando na apreensão do seguinte:

·         1 840 doses de óleo de cannabis;

·         933 doses de pólen de haxixe;

·         Dois veículos;

·         Um canivete;

·         Um telemóvel.

O detido de 24 anos foi constituído arguido e sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência, enquanto que o detido de 30 anos, com antecedentes criminais pelo crime de tráfico de estupefacientes, está, neste momento, a ser presente a 1º interrogatório no Tribunal Judicial da Maia.

Fonte: GNR –
Oficial de Comunicação e Relações Públicas do Comando Territorial do Porto

Feira da Educação, Formação e Emprego de Paços de Ferreira’19

O “Europe Direct do Tâmega, Sousa e Alto Tâmega” e o “Centro Qualifica”, ambas valências da “PROFISOUSA – Associação de Ensino Profissional do Vale do Sousa”, em estreia colaboração com o “Município de Paços de Ferreira”, estão a organizar a “Feira da Educação, Formação e Emprego de Paços de Ferreira’19”, nos dias 2 e 3 de Maio, no “Mercado Municipal – Parque Urbano de Paços de Ferreira”.

Esta feira pretende responder à necessidade de informação dos nossos jovens face à oferta existente para a sua formação, quer seja escolar, profissional e/ou académica,  bem como para suscitar a reflexão e o debate em matérias relacionadas com o empreendedorismo, criação e procura de emprego.

O certame será composto por stands das instituições participantes e contará com animação diversa.

Este ano decorrerá, em simultâneo com a “Feira da Educação, Formação e Emprego de Paços de Ferreira’19”, a “Volta de Apoio ao Emprego” no auditório “A Gaveta” no “Parque Urbano de Paços de Ferreira”. Aqui, pode encontrar respostas para melhorar a empregabilidade através de formação profissional, estágios ou experiência internacional de voluntariado, sugestões para aumentar a probabilidade de sucesso de uma candidatura e formas de aceder a mais de dois milhões de empregos disponíveis a nível europeu através do “Portal Europeu da Mobilidade Profissional – EURES”. Esta, é uma iniciativa da “Representação da Comissão Europeia em Portugal”, organizada através da rede de “Centros de Informação Europe Direct”, em parceria com o” Instituto do Emprego e Formação Profissional” (IEFP) no âmbito da “Rede Europeia de Emprego EURES”.

Baptismo do Grupo de Bombos “Amigas da Terra” de Covas Lousada

Amanhã dia 1 de Maio de 2019 vai se celebrar o 39º aniversário do Centro Cultural e Recreativo de Covas Lousada e o 1º aniversário do Grupo de Bombos As Amigas da Terra de Covas Lousada, que começa pelas

9:00H com Eucaristia em Homenagem aos sócios falecidos do “CCR de Covas”,

10:15H Hastear das bandeiras

15:00H Cerimónia de baptismo das Amigas da Terra apadrinhadas pelo Grupo de Bombos de Caíde de Rei Lousada

21:00 Oferta de bolo e champanhe

APDL pediu remoção de Outdoor do PSD “Não ao Quebra-Mar”

COMUNICADO

APDL pediu remoção de Outdoor do PSD “Não ao Quebra-Mar”

Em pleno Abril, a Administração de Portos de Douro e Leixões (APDL), pugnou pelo regresso do lápis azul.

Em virtude das consequências ambientais e socioeconómicas que se avizinham para o concelho de Matosinhos, por causa da empreitada de prolongamento em 300 metros do Quebra-Mar e aprofundamento do canal de acesso do anteporto e da bacia de rotação do Porto de Leixões, o PSD de Matosinhos em conjunto com os Deputados Municipais eleitos pelos grupos de cidadãos “Narciso Miranda, por Matosinhos”, “António Parada, Sim”, do Bloco de Esquerda e o Deputado independente, convocaram uma Assembleia Municipal extraordinária onde apresentaram uma proposta de suspensão do concurso da empreitada, a qual foi chumbada com os votos contra do executivo da Câmara Municipal de Matosinhos, nomeadamente PS e PCP.

Ora, no início do mês de Abril, o PSD colocou uma estrutura outdoor, com a seguinte mensagem: “Não ao Quebra-Mar, sem garantias para o futuro de Matosinhos”.

O outdoor foi colocado na marginal de Matosinhos, em zona urbana, ao lado de dezenas de prédios, ao lado de dezenas de estabelecimentos comerciais, ao lado de uma paragem de autocarro para turistas; onde não prejudicava ninguém.

Acontece que aquele pedaço de terra, na marginal de Matosinhos é propriedade da APDL, a qual comunicou de imediato ao PSD, que era uma área de Domínio Público Hídrico da responsabilidade da APDL, ordenando a retirada imediata da estrutura e que o PSD ocorria em uma contraordenação ambiental muito grave.

O PSD, colocou a questão à entidade competente, nomeadamente a Comissão Nacional de Eleições (CNE), a qual decidiu pela manutenção do outdoor, afirmando que:

“No caso em apreço, estando em causa um local pertencente ao domínio público e não se encontrando na lei qualquer norma que restrinja a colocação do outdoor em causa no sítio onde foi colocado, não se vislumbra fundamento para que se ordene a sua remoção. Mais, em caso algum carece a propaganda, seja destinada ao ato eleitoral em causa ou não, de licença ou autorização. Seja qual for o meio utilizado, a propaganda não carece de autorização nem de licenciamento prévio ou comunicação às autoridades administrativas.”

Conclui a CNE,

“Assim, dos elementos do processo, conclui-se que a remoção do outdoor de propaganda, em causa no presente processo, não encontra fundamento na lei. […] delibera-se […] notificar o Senhor Presidente do Conselho de Administração da APDL, S.A., e ordenar-lhe que se abstenha de remover a estrutura de propaganda em causa.”

A democracia respeitou o simbolismo de Abril.

Contudo a estrutura do PSD ficou perplexa quando os argumentos utilizados pela APDL como resposta à CNE foram a nosso ver antidemocráticos e carregados de uma vontade hercúlea de regresso ao “lápis azul”.

A APDL questiona primeiro lugar a competência da CNE para decidir a questão e em segundo lugar afirma que “Ora, no caso em apreço, a ação de propaganda visada pela participação do PPD/PSD não continha qualquer mensagem de índole eleitoral”.

Assim, o grande problema da APDL é o conteúdo do outdoor e a mensagem que este tenta passar, verifica-se assim o regresso ao lápis azul, aos tempos da censura de textos, notícias ou opiniões que fossem contrárias à doutrina vigente.
Concluímos que a APDL aceitaria naquele local, uma qualquer estrutura, desde que o teor da mensagem lhe fosse indiferente ou do seu agrado, felizmente o tempo do lápis azul e da censura já passou, no mês de Abril, os seus valores falaram mais alto.

Pelo PSD de Matosinhos,

Bruno M. Pereira

Presidente do PSD Matosinhos

Detido na posse de mais de 4 800 doses de droga em Paredes

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal de Penafiel, ontem, dia 29 de abril, deteve um homem de 25 anos, por posse e tráfico de droga, no concelho de Paredes.

No âmbito de uma investigação que durava há cerca de seis meses, relacionada com a prática do crime de tráfico de estupefacientes, a GNR apurou que o indivíduo dedicava-se à plantação de cannabis no interior das suas residências, para posteriormente proceder à sua venda direta a consumidores, utilizando para o efeito estufas dotadas de sistema de ventilação e aquecimento. O suspeito para além da venda do estupefaciente por ele produzido (folha de cannabis), ainda vendia haxixe e MDMA.

Das diligências resultou a realização de duas buscas domiciliárias e uma em veículo, tendo sido apreendido:

·         3 834 doses de resina de haxixe;

·         910 doses de liamba;

·         77 doses de MDMA;

·         Sete sementes de planta de cannabis;

·         Três estufas para o cultivo de cannabis;

·         Três balanças de precisão;

·         Três facas utilizadas no corte do estupefaciente;

·         Quatro telemóveis;

·         Um veículo;

·         8 255 euros em dinheiro

O detido será presente hoje, dia 30 de abril, a 1.º interrogatório judicial, no Tribunal de Instrução Criminal de Marco de Canaveses.